Cortinas

cortinas

Quais são as principais características de uma cortina?

Cortina é um tecido com que se resguardam ou adornam janelas e portas. Também é usado para bloquear ou obscurecer a luz, as correntes de ar ou, no caso de uma cortina de chuveiro, a água.

Quais são as melhores cortinas para quem não tem espaço nas laterais?

“Rolôs, persianas e cortinas romanas são as opções para quem não dispõe de espaço nas laterais”, diz Lucia Dorsa, da Uniflex. O problema é que essas cortinas quase somem quando fechadas. A designer Marilda também costuma usar brises (cortinas fixadas diretamente nas folhas de vidro).

Como escolher a cortina ideal para o seu ambiente?

A maioria opta por usar cortinas que tocam levemente o piso – “Beijando o chão”, como diz Roberto Negrete. “Quem quer um ambiente mais clássico, e até mesmo mais chique, deve deixar que o tecido arraste. São suficientes 2 cm a mais na altura”, ensina Karin.

Como escolher a cortina mais adequada para vão?

“O ideal é deixar 50 cm de varão a mais em cada lado. Assim consegue-se acomodar o tecido quando as portas estão abertas”, sugere Karin Killingsworth, da Arte Markante. “Rolôs, persianas e cortinas romanas são as opções para quem não dispõe de espaço nas laterais”, diz Lucia Dorsa, da Uniflex.

O que é cortina e para que serve?

Além disso, essa cortina é indicada para ambientes os quais se deseja bloquear parcialmente a luz, como a sala de estar, jantar e até escritório. Quem quer uma cortina que controla a entrada de luz, deve apostar nas persianas.

Quais são os tipos de cortineiros?

Cortineiro é o espaço deixado no teto, acima de janelas e portas, esse elemento serve para dar um acabamento mais sofisticado para a instalação de cortinas e persianas embutidas nesse pequeno vão entre a parede e o forro. Quais são os tipos de cortineiros? Existem três tipos de cortineiros, são eles: Sobreposto, Embutido e com iluminação.

Qual é a estrutura da Cortina romana?

A cortina romana pode ser feita em diversos tipos de tecido, sendo que os mais encorpados e escuros funcionam como uma cortina blackout, enquanto os mais finos e delicados garantem uma passagem maior da luz. 43. Cortina romana preta: o tecido translúcido garante uma passagem de luz equilibrada.

Qual a importância da cortina para a decoração?

A cortina é o elemento que tem uma função muito importante, pois além de decorar ela protege contra a luminosidade no ambiente. Na hora de projetar é preciso analisar o tipo, o acabamento, tecidos, modelos e medidas para que esse conjunto esteja em harmonia com o resto da decoração do espaço.

Postagens relacionadas: