Remax imobiliária

remax imobiliária

Por que a RE/MAX é tão importante para o mercado imobiliário?

O histórico da RE/MAX construído nestes 48 anos é a prova de que o foco nas necessidades do cliente, apoiado pela capacidade de entrega, permanece tão importante quanto antes. Em outras palavras, grandes coisas acontecem quando grandes indivíduos dirigidos se unem e tratam o mercado imobiliário como uma profissão.

Quem é o dono do REMAX?

Balão REMAX num festival. RE/MAX é uma organização internacional de imobiliária. Fundada em 1973 por Dave e Gail Liniger em Denver, Colorado, continua propriedade dos seus fundadores. RE/MAX é um acrónimo de Real Estate MAXimum.

Qual a importância da REMAX para o franqueado?

A RE/MAX possui uma ferramenta/sistema que proporciona em tempo real todas as informações do negócio para o franqueado. Cultura de excelência, tanto para os profissionais que fazem parte da rede, quanto para os serviços prestados aos clientes, o foco é melhorar a vida das pessoas.

Como reinventar o mercado imobiliário?

“Oferecer oportunidades para reinventar o mercado imobiliário, em conjunto com planejamento, gestão e a visitante de uma marca sólida são os fatores que atraem a nova geração de empreendedores.”

Qual a maior rede imobiliária de Portugal?

A RE/MAX está presente em Portugal desde o início de 2000, tendo-se tornado, em apenas dois anos, na maior rede imobiliária a operar no país. Hoje, a RE/MAX Portugal conta com 10.000 colaboradores, a maioria dos quais consultores imobiliários, em 356 agências, de Norte a Sul e Ilhas.

Quem é o dono do REMAX?

Balão REMAX num festival. RE/MAX é uma organização internacional de imobiliária. Fundada em 1973 por Dave e Gail Liniger em Denver, Colorado, continua propriedade dos seus fundadores. RE/MAX é um acrónimo de Real Estate MAXimum.

Por que o mercado de capitais é tão importante?

São inúmeros os motivos pelos quais isso acontece e, através do mercado de capitais, a transferência desses recursos fica mais eficiente e segura.

Por que o franqueado é o maior interessado no sucesso da franquia?

Como o franqueado é o maior interessado no sucesso da franquia, os resultados de sua unidade são revertidos quase que integralmente para ele. Com isso, ele se dedica mais ao negócio, podendo estar mais próximo a seus funcionários, supervisionando a qualidade do atendimento prestado e o nível de vendas de sua unidade.

Por que o franqueador deve investir em dinheiro dos outros?

Isso porque, primeiramente, permite que o franqueador faça uso daquilo que os americanos chamam de O.P.M. (“other people’s money”), ou seja, o dinheiro dos outros, já que os franqueados é que irão bancar os custos e despesas relacionados à implantação, operação e gestão das respectivas unidades.

Quais são as vantagens e desvantagens do franqueador?

Maiores facilidades de acesso a créditos. Retorno mais rápido que nos negócios independentes. Independência jurídica. Desvantagens Riscos inerentes à má escolha do franqueador

Quais são os riscos da má escolha do franqueador?

Desvantagens Riscos inerentes à má escolha do franqueador Há inúmeros riscos que podem resultar de uma escolha mal feita, no que se refere ao franqueador a quem o franqueado se vincula. Há franqueadores que nem chegam a se dar conta de que, ao iniciarem a concessão de franquias, estão ingressando num novo ramo de negócios.

Postagens relacionadas: